O país era estranho, o adversário era copeiro, mas nada disso intimidou a ACBF. O clube de Carlos Barbosa conquistou o hexacampeonato da Libertadores 2019. O jogo ocorrido na Argentina contra o Cerro Porteño do Paraguai acabou em 3 a 1 para o time da Serra, na tarde deste domingo, 21.

Carlos Barbosa começou com muita força, abrindo o placar aos oito munutos com o pivô Darlan em um chute de bico na linha da área. O Cerro Porteño, por sua vez, não deixou os gaúchos comemorarem o gol e Vilalba mandou uma bomba no minuto seguinte. O goleiro nem viu a bola e o placar chegou em 1 a 1.

No final do primeiro tempo a equipe de Carlos Barbosa voltou a ficar na frente, após o Ayala marcar contra. A segunda etapa iniciou com os paraguaios pressionando e o goleiro do time brasileiro fazendo grandes defesas em duas oportunidades. A ACBF aproveitou os contra-ataques para ampliar e garantir o título com Mithyuê, em 3 a 1.

O time de Carlos Barbosa também foi campeão da libertadores em 2002, 2003, 2011, 2017 e 2018. Desse modo, o clube gaúcho é o maior vencedor da competição internacional, assim como o Jaraguá que também tem seis títulos.

Leia também 

Show de Elvis Celebration in Concert é prestigiado por mais de 1,7 mil pessoas no Festiqueijo, em Carlos Barbosa

Jovem de 20 anos é morto com tiro no peito no bairro do Parque 

Foragido do sistema Prisional de Santa Catarina é preso em Caxias do Sul 

Deixe o seu comentário!