Parte do prédio onde um apartamento foi atingido por uma explosão na última quarta-feira, 26, foi liberado. Conforme o engenheiro civil, Césio Verona, os apartamentos 202, 302 e 402 permanecem interditados e sob fiscalização. 

Verona destacou que o laudo técnico foi distribuído para o Corpo de Bombeiros, Defesa Civil, prefeitura e o síndico, que coordenará a entrada dos moradores na edificação. Quanto aos estabelecimentos comerciais, os bombeiros farão uma última vistoria na marquise antes da permissão de retorno.

Confira a entrevista abaixo

 

 

Áudios

Deixe o seu comentário!