Na abertura da Festa da Uva em Caxias do Sul, o ex-governador do Estado, Germano Rigotto se colocou a disposição do partido para nova candidatura ao Senado. Na entrevista reproduzida no Panorama desta sexta-feira ele comentou as negociações do PMDB e revelou que nada será definido antes de uma pré-convenção organizada para o dia 15 de março.

Sua candidatura passa muito pela decisão do senador Pedro Simon que ainda não definiu se tentará a reeleição. Rigotto justificou a escola pelo Senado ao dizer que o cargo dá mais possibilidade de trabalho em comparação á Assembleia Federal. Ele que já foi deputado federal fez críticas á quantidade de partidos existentes e a falta de rumo da Câmara. Segundo ele não há agenda própria, o que dificulta o trabalho dos deputados.

 

A entrevista completa você confere na galeria de áudios abaixo. 

Áudios

Deixe o seu comentário!