Apoiará Catafesta para ser o presidente da casa legislativa, pois existe o acordo que para 2015 Rudi deverá ser o próximo a ocupar o cargo. Não opina sobre votação do orçamento, mas garante que colocará uma emenda para repassar verbas para as comunidades terapêuticas, já que nada consta no projeto enviado pelo executivo.

 

Apesar de não votar em Catafesta, Tetela acredita que ele será sim o presidente do legislativo no ano que vem. Quanto ao orçamento, Tetela diz que a bancada do PMDB está analisando o projeto e já existe a preocupação em relação a diminuição do repasse de verbas ao Hospital São Carlos. Tetela também prevê dificuldades em outras entidades que não deverão receber subvenções em 2014.

 

Confira na galeria de áudios abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!