O Fim de Expediente desta quinta-feira promoveu o encontro de três representantes do Legislativo. Sedinei Catafesta, Arielson Arsego e Glória Menegotto  participaram do programa para debaterem questões locais e de interesse público.

Questionado sobre sua situação política em relação à expulsão do PP, Catafesta voltou a dizer que até o momento não recebeu qualquer tipo de notificação. Ele confirmou que está fundando em Farroupilha um novo partido político e a tendência é que seja o PROS – Partido Republicano de Ordem Social. Esta situação dará direito ao vereador a seguir com o mandato.

Arielson Arsego questionou o grande número de funcionários que a Associação Pró Saúde possui. Segundo ele, o número de funcionários aumentou de 50 para 75, o que gera a preocupação do vereador de que o local contrate pessoas por interesses políticos.

O ponto alto do jogo rápido foi o número assustador de assassinatos que aconteceram em Farroupilha. Em menos de um mês, quatro homicídios foram registrados. Glória voltou a criticar a posição do governo do Estado que até o momento tem deixado a desejar por Farroupilha.

 

Os melhores momentos do programa você confere ao longo da programação. 

Deixe o seu comentário!