Durante o júri popular, que ocorreu na tarde desta quinta-feira, 12, o jovem Lucas Assmann foi condenado a 10 anos, 8 meses e 13 dias de reclusão em regime fechado por roubo e tentativa de homicídio qualificado. O fato aconteceu em 13 de fevereiro de 2015 em um estabelecimento comercial no km 60 da ERS 122, quando Assmann teria praticado o roubo e atirado com uma arma de fogo contra os policiais que atenderam a ocorrência.
A defesa do réu apelou na sentença e deverá solicitar novo julgamento por não concordar com o resultado da pena. Os trabalhos do júri ficaram sob a coordenação da juiza Maria Cristina Rech e o promotor Ronaldo Lara Resende atuou na acusação.

Deixe o seu comentário!