Após uma denúncia do vereador Jonas Tomazini durante a sessão da Câmara de Vereadores da última segunda-feira, 3, na qual ele apresentou um flagrante em vídeo mostrando o caminhão de coleta misturando resíduos orgânicos e seletivos, o presidente da Ecofar, Paulo de Castro afirmou que o caso foi isolado. Ele explicou que o funcionário da empresa alegou que o contêiner de lixo seletivo estava cheio de materiais contaminados e que não poderiam ser levados pelo coletor de lixo seco. “Isso não é rotina”, ressaltou.

Conforme o presidente, o colaborador flagrado recebeu uma advertência e a orientação é de que se acontecer outro caso desta natureza ele deve informar à empresa que irá retirar o contêiner sujo para fazer a limpeza.

ASSISTA O VÍDEO DO FLAGRANTE

 

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!