O promotor de Farroupilha, Ronaldo Lara Resende comentou sobre o massacre de Suzano, em São Paulo, que aconteceu nesta quarta-feira, 13, e vitimou 10 pessoas entre alunos, funcionárias da escola e o proprietário de uma loja de carros, além dos dois assassinos.

Resende avaliou a chacina como mais um evento que comprova que o Brasil é um recordista mundial em número de homicídios dolosos, tendo 65 mil por ano, vivendo uma onda de violência desenfreada. Ele ressaltou que Farroupilha é mais segura que cidades maiores, mas que ninguém está protegido no Brasil. 

O promotor ainda comentou sobre o decreto número 5.123 que facilita a posse de armas. Para ele a esquerda culpa o atual presidente Jair Bolsonaro pelo ocorrido em São Paulo. “A esquerda imbecilizante utiliza qualquer tipo de evento pra fazer a desinformação”, concluiu.

Leia também

Brigada Militar apreende mais de 1,2 mil pacotes de cigarros em Nova Bassano

Motorista embriagado é preso dirigindo em alta velocidade na BR-116, em Caxias do Sul

Homem é executado a tiros no bairro São José em Farroupilha

 

Áudios

Deixe o seu comentário!