O corte da árvore histórica que ficava localizada na esquina das ruas Coronel Pena de Moraes com a Júlio de Castilhos gerou revolta nas redes sociais. A ação ocorreu nesta segunda-feira, 7, e integra o projeto de revitalização do trecho. A prefeitura, por meio de uma nota de esclarecimento, explicou que a planta estava em situação precária oferecendo riscos para a população e os automóveis. A administração ainda ressaltou que ela foi podada pela empresa fornecedora de energia elétrica e já foi atingida diversas vezes em acidentes de trânsito. 

O vereador e líder de governo na câmara, Aldir Toffanin, salientou que o canteiro deve ser reconstruído e uma nova árvore será plantada no local. Ele ainda enfatiza que a planta estava com a saúde comprometida. "Chegou numa idade que tinha que ser cortada", comentou.

Já o vereador Fabiano Piccoli lamentou o fato, pois a árvore fazia parte da história do município. Surpreso, ele esclareceu que esta foi a melhor alternativa de acordo com a equipe técnica da prefeitura. 

 

Áudios

Deixe o seu comentário!