A igreja de São Valentim, localizada a cerca de 1,8 quilômetros da sede do distrito de São Marcos, passará por um processo de restauração tanto na arquitetura predial, quanto no mobiliário interno incluindo o altar e os bancos. No local foi batizado o atual governador do estado, José Ivo Sartori.

A igreja de pedra com rejunte em barro foi construída no ano de 1919 e o restauro fará parte da programação para comemorar os 100 anos de existência. O objetivo dos moradores e da comissão montada para acompanhar a iniciativa é trazer de volta a originalidade da igreja, que já passou por outras obras ao longo do tempo recebendo aberturas de ferro, rejuntes em concreto, piso cerâmino e troca do telhado para zinco. O projeto deve ser executado por meio de Leis de Incentivo.

A gestora cultural e responsável pela elaboração do projeto de restauro, Cristina Seibert Schneider, destacou a importância de trazer de volta a originalidade da igreja e o que ela representa para a história, não somente de Farroupilha, mas para o Rio Grande do Sul. Comentou sobre o projeto e quais as etapas que deverão ser ultrapassadas para a realização da obra.

Lideranças da comunidade como o vereador José Mário Bellaver e o ex-prefeito de Farroupilha, Bolivar Pasqual, também fazem parte da comissão que trabalham no processo de restauro do igreja. Para eles, é a oportunidade de trazer de volta a história que ao longo dos anos estava se perdendo e para que as futuras gerações reconheçam o legado deixado por seus ancestrais.

Confira as entrevistas na galeria de áudios abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!