O palestrante do evento realizado pelo grupo DNA da Alma, na noite desta terça-feira, 14, Fabrício Carpinejar, comentou sobre o tema do painel ‘Cuide de seus pais antes que seja tarde’.

Ele também concedeu uma entrevista durante o programa Fim e Expediente, onde contou um pouco sobre seus livros e as experiências que conta em suas palestras.

Carpinejar explicou que as famílias estão cada vez mais distantes do fundamental que é uma vida harmoniosa. “A vida está muito pequena porque a gente trabalha, e não trabalha os afetos”, destacou.

Conforme o escritor, as pessoas estão cada vez mais distantes uns dos outros, e criam dificuldades para que se aproximar até mesmo de amigos. “A gente está preocupado em alimentar nossas redes sociais, a gente não está preocupado em alimentar a nossa própria família”, enfatizou.

O escritor também questionou que com os dias corridos as pessoas colocam desculpas sempre em primeiro lugar. “A gente quer economizar tempo para que? Para onde a gente está colocando este tempo? A gente não está transformando este tempo em ternura, em proximidade”, destacou.

Ao final Carpinejar comentou sobre o seu livro ‘Minha esposa tem a senha do meu celular’. Ele contou que sua companheira tem a senha e que por este fato ele é antiquado, já que atualmente a fidelidade entre casais pode parecer algo ultrapassado. “Eu sou muito careta graças a Deus”, pontuou.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!