O júri popular que ocorreu no Fórum de Farroupilha na tarde desta quinta-feira, 30, condenou Ronei Ilário Sipp a seis anos de prisão em regime semiaberto por homicídio simples. Vera Lúcia da Silva foi morta com um tiro em 30 de agosto de 2011 na localidade de Linha Ely. 

Sipp poderá recorrer da decisão do júri em liberdade. A defesa dele foi coordenada pelo advogado Carlos Alberto Sandoval, que entrará com recurso de apelação da sentença e deverá solicitar novo julgamento por não concordar com o resultado da pena. Os trabalhos do júri ficaram sob a coordenação da juiza Maria Cristina Rech e o promotor Ronaldo Lara Resende atuou na acusação.

 

 

Deixe o seu comentário!