Os prefeitos das cidades da região da Serra, em conversa com a Spaço FM, comentaram sobre a realidade de seus municípios. Eles destacaram eventos programados ainda para este ano, o planejamento de ações para 2020 e sobre as eleições municipais que ocorrem no próximo ano.

Para o prefeito de Monte Belo do Sul, Adenir José Dallé, a pavimentação asfáltica foi a tônica da administração neste ano, que beneficiou muito a comunidade principalmente para o escoamento da safra, bem como para a incrementação no turismo. Como evento, Dallé destacou a 2ª edição do Vieni Vivire la Vita Festival, que ocorre nos dias 15 e 16 de novembro na praça do município. Quanto às eleições, o gestor declara que é possível vir a reeleição mas existe também a possibilidade de uma renovação com novas lideranças, mas o importante é que as boas ações tenham continuidades.

A prefeita Cláudia Moreschi Tomé, de Fagundes Varela, destacou o crescimento tanto na produção agrícola quanto na agropecuária, através de investimentos realizados na infraestrutura com a participação dos produtores, o que fez girar a economia do município. Em relação à eventos, a prefeita destacou a programação para o aniversário da cidade que ocorre no dia 8 de dezembro, culminando com as festividades de final de ano. Quanto à reeleição, Cláudia ressalta que existe a possibilidade de concorrer novamente, mas isso ainda não está totalmente definido.

Douglas Pasuch, prefeito de Nova Roma do Sul, destacou a pavimentação asfáltica nas comunidades do interior e para 2020 a prioridade deverá ser a área urbana do município. Sobre eventos, Pasuch destaca a preparação para a 14ª La Prima Vendêmmia, onde se celebra as primeiras colheitas da uva e que ocorre em janeiro próximo. Em relação as eleições, municipais, o gestor ainda não se reuniu com a direção do partido para tratar do tema, mas admite concorrer a reeleição.

O prefeito de Carlos Barbosa, Evandro Zibetti, comenta que num modo geral, o que foi planejado foi colocado em prática e o ano deverá ser encerrado de forma magnífica. Sobre eventos, Zibetti destaca a programação natalina 'O Caminho das Estrelas' com início em novembro e encerramento em 6 de janeiro com o 'Terno de Reis'. Quanto à reeleição para 2020, o prefeito preferiu não comentar e ressaltou que a administração municipal está focada com as ações planejadas para terminar a gestão da melhor maneira possível.

Para Gilnei Fior, prefeito de Santa Tereza, o ano foi produtivo pelo trabalho que a administração municipal realizou. Ele destaca como evento o Burning' Fire – Encontro de Motociclistas, que ocorre no final de outubro. Fior não confirma sua candidatura à reeleição e explica que é em virtude da reforma tributária que está sendo proposta. Na sua visão, a nova reforma retira receita dos municípios impedindo investimentos que venham beneficiar a população, obrigando os prefeitos a fecharem as portas das prefeituras.

Guilherme Pasin, gestor de Bento Gonçalves, destacou a Festa Nacional da Música que ocorre na cidade no final de outubro, e outras festas que culminam com os preparativos para o final de ano. Também não comentou sobre reeleição, ressaltando que está focado na administração para um potencial de entregas de boas ações para a comunidade.

O prefeito de Cotiporã, João Carlos Breda, destacou a ligação asfáltica de seu município a Bento Gonçalves e a construção de três ginásios de esportes para atender a população. Ressaltou a pavimentação na área urbana e melhorias como ciclo vias e ciclo faixas. Sobre eventos, o prefeito destaca a 7ª edição do Natal in Vêneto com programação especial. Breda não pode vir a reeleição por estar concluindo seu segundo mandato, e comentou que seu sucessor não pode ser imposto pelo prefeito ou pelo próprio candidato, mas sim pela vontade do povo.

Em Nova Pádua, o prefeito Ronaldo Boniatti, ressaltou o investimento no turismo e na área da agricultura, o que fez a cidade movimentar a economia. Ele destacou como evento o 'Piquenique Paradiso Del Vale' que está na sua quarta edição e que ocorre em novembro, juntamente ao Festival do Espumante. Quanto à reeleição, Boniatti ressalta que é uma questão estratégica, pois tem que ser pensado se vale a pena continuar se dedicando às questões políticas ou a vida profissional que se exerce fora dela. "Isso ainda está sendo avaliado”, concluiu.

Confira abaixo na galeria de áudios

Áudios

Deixe o seu comentário!