O projeto Solidária visa a arrecadação de tampinhas plásticas para arrecadar renda e auxiliar as entidades de proteção animal e protetores independentes. A engenheira química Rejane Rech, docente e coordenadora da iniciativa, explanou sobre o assunto nesta segunda-feira, 5, na Câmara de Vereadores de Farroupilha. 

Segundo ela, os valores podem até parecer poucos, mas o resultado é expressivo, pois são utilizados na compra de ração. Hoje três toneladas de tampinhas representam R$ 6 mil.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!