Uma empresa de vestuário com sede em Farroupilha está sendo investigada por desviar cerca de R$ 20 milhões em impostos. A operação denominada Textilhaus (casa têxtil em alemão) foi realizada nesta terça-feira, 4, no município e em residências nas cidades de Tubarão e Laguna, em Santa Catarina.

A iniciativa é comandada pelo Comitê Interinstitucional de Recuperação de Ativos do Rio Grande do Sul (Cira-RS), que é formado pelo Ministério Público (MP), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Receita Estadual (RE). A operação cumpriu os mandados e busca o ressarcimento dos valores aos cofres públicos.

A investigação fiscal foi iniciada pela Receita Estadual do RS contra o grupo Beck's, responsável por 22 estabelecimentos varejistas nos dois estados, que desde o início da década deve mais de R$ 5 milhões de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (Icms).

A empresa fez um parcelamento das dívidas, mas não realizou todos os pagamentos das mais de 30 execuções fiscais e uma ação cautelar julgada procedente, todas ajuizadas pela PGE, com indisponibilidade de recebíveis e penhora de bens, e migraram a gestão das atividades da empresa para SC.

Conforme a apuração da Receita Estadual do RS, as práticas de sonegação fiscal continuaram, primeiramente pela postura de devedor contumaz (declara o imposto, porém não o paga), seguida do comportamento atual de omissão total das operações das lojas do grupo no Rio Grande do Sul.

Deixe o seu comentário!