O estado de saúde de Maria Ana Zanetti Mützenberg, de 68 anos, que teve 88% do corpo queimado na explosão do apartamento 302 do edifício Vêneto no centro de Farroupilha, permanece grave. Devido a inalação da fumaça, Maria teve as vias aéreas queimadas. Ela permanece na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Unimed em Caxias do Sul.

A filha, Andréia Mützenberg Cenci, conversou com os médicos na manhã desta quinta-feira, 3, que esclareceram que ela tem que continuar sedada, apesar de seu quadro ter tido uma pequena evolução.

Conforme a filha, a cada dois dias Maria está indo para o bloco cirúrgico para a limpeza e a raspagem da pele. Andréia ainda ressaltou que nesta quinta sua mãe não precisou da hemodiálise. Ela pede para que a população continue rezando.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!