O suspeito de ter estuprado 11 mulheres foi preso no início da tarde desta quinta-feira, 14, em Santa Catarina. O homem de 42 anos praticou os crimes em Vacaria, de onde é natural, entre 2014 e 2018.

Após a força tarefa, o suspeito foi capturado em Palhoça pelas inspetoras do Posto Policial da Mulher. Ao todo 16 suspeitos foram investigados até se chegar a identidade do autor dos delitos. O material genético dele foi encontrado em seis das vítimas estupradas em 2018 e o banco de dados do Laboratório de Genética Forense do Instituto Geral de Perícias também comprovou a autoria do homem nos dois casos mais antigos, ocorridos em 2014 e 2015.

As vítimas foram uma idosa de 65 anos, no bairro Vila Gaúcha em 2014, uma mulher de 47 anos no bairro Petrópolis em 2015, uma idosa de 83 anos no bairro Jardim Toscano em setembro de 2018, uma idosa de 78 anos e sua filha de 52 anos no bairro Cristal em agosto e setembro de 2018, uma idosa de 67 anos em dezembro de 2018 no bairro Planalto, uma mulher de 52 anos no bairro Vista Alegre em outubro de 2018 e uma senhora de 60 anos no bairro Jardim América em dezembro de 2018.

A Polícia Civil tem total convicção de que mais três casos de 2018 foram praticados por ele, mas a demora das vítimas em procurar a polícia prejudicou a coleta de provas. O homem passou a noite na carceragem da Polícia Civil de Palhoça para serem feitos os trâmites legais e nesta sexta-feira, 15, será trazido a Vacaria.

Deixe o seu comentário!