Cinco homens envolvidos nos assaltos a duas agências bancárias na cidade de Trindade do Sul, no norte do estado, ocorridos na última quarta-feira, 12, acabaram mortos durante um confronto com a polícia na tarde deste domingo, 16. Um deles foi identificado como Sergio da Silva Rodrigues, de 36 anos, natural de Farroupilha, que estava em prisão domiciliar. Ele possuía passagens por ameaça, roubo de arma, porte ilegal de arma e roubo a banco em Praia Grande (SC) e Nova Roma do Sul. 

De acordo com a 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos, do Departamento Estadual de Investigações Criminais (DEIC), além dele, também morreram Edson da Silva Oliveira, 33, de Sapucaia do Sul, que também estava em prisão domiliciar, Daniel Sanches Navas, 21, de Caxias do Sul, Diônata Fernando Rosa Oliveira, 18, de Sao Leopoldo, que estava em liberdade, e um quinto suspeito que ainda não foi identificado. Todos possuíam antecedentes criminais. 

Com o grupo a polícia apreendeu dois revólveres calibre 38, duas espingardas calibre 12, um fuzil calibre 762, coletes balísticos, munições de diversos calibres, telefones celulares e o dinheiro roubado na ação. No dia do crime havia sido preso um jovem de 23 anos no centro de Iraí. Ele seria responsável por resgatar a quadrilha. 

Assaltos

Duas agências bancárias foram alvos dos assaltantes que praticaram o crime simultaneamente no início da tarde da quarta-feira. Eles fizeram um cordão humano e na fuga levaram reféns, que acabaram sendo liberados posteriormente. A cidade não registrava este tipo de crime há 10 anos.

Deixe o seu comentário!