O Fim de Expediente desta quinta-feira, 1º de março, recebeu como convidados o capitão Tonato e o soldado Trevisol da Brigada Militar de Farroupilha. Durante o programa, um dos assuntos abordados foi a questão da redução de alguns crimes no município em 2017, como furto, homicídio e latrocínio. Eles comentaram que o número de roubos no ano passado, de 399, se manteve o mesmo de 2016, mas houve aumento de apreensões de arma de fogo e registro de pessoas em posse de entorpecentes. Os estelionatos subiram de 94 para 116 na cidade. 

Além disso, ao longo da entrevista também foi abordada a questão das drogas. A Brigada Militar e as escolas vem trabalhando juntos para coibir a violência e a entrada destas substâncias no ambiente escolar. Um dos trabalhos desenvolvidos é a patrulha escolar. Por meio dela, a polícia tem contato direto com a direção de cada instituição. Dentro do projeto, outras iniciativas são realizadas como o Programa de Resistência às Drogas (Proerd) para pais, abordagem nas proximidades das escolas, e medidas preventivas. No dia 19 de fevereiro ocorreu uma capacitação para os professores sobre o enfrentamento da drogadição e da violência. Conforme os entrevistados, os pais têm buscado orientação na escola para compreender mudanças de comportamento dos filhos, que podem estar relacionadas ao uso de drogas.

Em 2017, a BM realizou 35 reuniões nas escolas de Farroupilha, mais de 400 visitas em instituições de ensino e o Proerd para estudantes promoveu 190 aulas. Desde o início do programa de conscientização há 15 anos, mais de 26 mil pessoas foram formadas. 

Confira a entrevista no áudio abaixo: 

Áudios

Deixe o seu comentário!