Lançada pela Brigada Militar nesta semana, a Operação Cidade Mais Segura, visando desenvolver melhor a abordagem de veículos, já foi efetiva no seu primeiro dia de funcionamento. Em uma blitz em frente ao Cemitério Municipal, policiais militares detiveram Adriano Paulo Rodrigues, o Calango. O homem foi apontado na época como o autor dos disparos que mataram o soldado Marison Maier, em dezembro de 2012, mas não chegou a ser acusado. Segundo informações do comandante do 36º BPM, Major Becker, ele foi parado na blitz, e estava com a CNH falsa. Adriano teria sido solto a pouco mais de dois dias, e já foi encaminhado de volta ao presídio do Apanhador, por falsidade Ideológica. Becker também comentou sobre a Central de Vigilância, que agora está funcionando diariamente, com a chegada de um Tenente do Corpo de Voluntários. 

Áudios

Deixe o seu comentário!