O cadeirante identificado como Fabiano Faustino, de 31 anos, que foi baleado em um tiroteio no bairro São José, em Farroupilha, nesta sexta-feira, 5, morreu por volta das 10h30 deste domingo, 7, no Hospital Pompéia, em Caxias do Sul. Conforme testemunhas, a vítima estava deitada na cama, quando foi atingida na cabeça.

Além de Faustino, outra pessoa não identificada, de 52 anos, acabou sendo alvejada de raspão na perna e já foi liberada do Hospital São Carlos. De acordo com o major Juliano, Faustino pode ter sido vítima de bala perdida. Testemunhas gravaram áudios com o barulho dos tiros e informaram que mais de 50 foram ouvidos. Ainda foram encontradas no local munições de uso restrito de fuzil 556 e de pistola 9mm. “Ali no bairro São José, onde tem esses problemas de tráfico de drogas, reina a lei do silêncio, as pessoas disseram que não viram e nem ouviram nada”, esclareceu o major.

Leia também 

Diparos de armas de fogo deixam duas pessoas feridas no bairro São José, em Faroupilha 

"A lei do silêncio está em compromentimento com os moradores", destaca major Juliano sobre os disparos de arma de fogo na Sfan

Triste rotina de violência na Sfan, no bairro São José, assusta moradores: Confira os destaques do Panorama desta segunda feira 

Deixe o seu comentário!