O deputado federal Marcel Van Hattem afirmou que com a aprovação da Reforma da Previdência no plenário da Câmara nesta quarta-feira, 10, o Brasil começará a caminhar na direção certa. Para o deputado, a maior preocupação a partir de agora é a votação dos destaques que são os pedidos feitos pelos deputados ou líderes de partidos para votar de forma separada, emendas ou parte do texto aprovado. Essa votação ocorre após a aprovação do texto principal. A aprovação de cada destaque também exige um mínimo de 308 votos.

O destaque que previa o tempo mínimo de contribuição de 20 anos para homens foi alterado para 15 anos, mesmo tempo mínimo de contribuição previsto para as mulheres. O destaque aprovado não modifica as idades mínimas para homens e mulheres poderem se aposentar, que são de 65 anos para eles e 62 para elas.

De acordo com Van Hattem, alguns destaques farão com que parte da reforma caiam por terra e se torne mais do mesmo. Ele salientou que para o Brasil voltar a crescer, o projeto aprovado precisa se manter nos moldes estipulados pelo ministro da Economia Paulo Guedes.

Confira no áudio abaixo.

Áudios

Deixe o seu comentário!