O deputado estadual e presidente do Partido dos Trabalhadores no Rio Grande do Sul, Pepe Vargas comentou sobre os primeiros meses do governo de Jair Bolsonaro. Para ele vários integrantes estão se envolvendo em situações irregulares.

Vargas também criticou o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro. Segundo o político, ele assumiu o cargo como uma pessoa que se apresentava como combatente da corrupção, mas está fazendo exatamente ao contrário. “Tem ajudado a acobertar irregularidades”, afirmou.

Sobre a Reforma da Previdência ele salientou que o projeto tem ódio dos trabalhadores. “Quer tirar direitos dos trabalhadores, quer tirar inclusive a capacidade dos trabalhadores se organizarem em entidades sindicais”, destacou.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!