O vereador do MDB, Arielson Arsego, denunciou o atual secretário de Esporte, Lazer e Juventude, Sedinei Catafesta por usar dinheiro público para comprar um prêmio em 2014. Conforme Arsego, na ocasião Catafesta era vereador e viajou para a cidade de Viçosa, em Minas Gerais, onde gastou R$ 891 de passagens, R$ 436 de inscrição para receber a condecoração e R$ 1.364 em diárias, totalizando R$ 2.691 pagos com dinheiro público.

A reportagem da Spaço FM também entrevistou o vereador do PT, Fabiano Piccoli, que comentou que nunca participou de premiações e opinou sobre os casos. “Se foram até o local e foi pago a inscrição com valor público aí sim, aí têm as instâncias responsáveis por apurar estas questões”, destacou.

OUÇA AS ENTREVISTAS NOS ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!