O deputado federal Jerônimo Goergen (PP-RS), que é coordenador da Frente Parlamentar Brasil 200, comentou em entrevista para a Spaço FM sobre a retirada de páginas do Facebook, incluindo a do movimento que representa. Segundo a empresa, a medida foi tomada após investigações apontarem que algumas páginas estariam divulgando notícias falsas e distribuindo spams. Após o fato, o deputado propôs criar uma CPI para averiguar a ação tomada pela rede social.

Goergen considera o ato antidemocrático e salienta que várias das páginas banidas não tinham publicações falsas. O deputado também divulgou um vídeo sobre o fato e o Ministério Público Federal de Goiás já pediu explicações para o Facebook sobre o caso, que deve ser respondido em menos de 48 horas.

OUÇA A ENTREVISTA COM O DEPUTADO

Áudios

Deixe o seu comentário!