O deputado federal, Giovani Cherini (PL), em entrevista ao Spaço Rádio Jornal desta quarta-feira, 9, comentou as críticas que recebeu do prefeito de Farroupilha, Claiton Gonçalves.

Ele também explicou os motivos do Hospital São Carlos não ter recebido emendas parlamentares destinados às instituições de saúde do Rio Grande do Sul. “Essa emenda que entregamos segunda-feira, é a emenda de 2018 e nesse ano o hospital não tinha ainda documentação que estava em um processo de transição. O hospital não faz parte do fundo estadual de saúde, não está contratualizado”, esclareceu.

Conforme Cherini, recentemente a bancada gaúcha havia enviado uma emenda para a Brigada Militar e Polícia Civil de Farroupilha, na compra de veículos e armas, coletes, entre outros e Gonçalves afirmou que essas verbas não tinham nada a ver com o deputado Cherini.

O deputado ainda lembrou das emendas que conseguiu para Farroupilha como a enviada para a construção da quadra poliesportiva da escola de Vila Jansen. “Quase R$ 500 mil para essa construção da escola da Vila Jansen. Tem outra que está em andamento da rua coberta no bairro América. Então não é fazer política no varejo, é fazer política no atacado”, afirmou.  

Em contrapartida, Gonçalves havia comentado que o município esteve reunido no gabinete do Cherini, que é o coordenador da bancada e a superintendente do São Carlos, Janete Toigo, em outro momento fez as solicitações para as autoridades, mas as verbas não foram enviadas para o município.“Alguns políticos estão atrás da política de varejo”, pontuou.

Confira a entrevista completa no link abaixo  

Leia Também

Deixe o seu comentário!