O clima frio e úmido das últimas semanas afetou o desenvolvimento das videiras na região da Serra. A formação de geada na noite do domingo, 20, e madrugada desta segunda-feira, 21, em inúmeros locais da região, afetou os brotos de videiras e frutas de caroços.

O engenheiro agrônomo da Emater, Ênio Ângelo Todeschini, em entrevista à Spaço FM, comentou sobre o fenômeno e ressaltou que muitos pomares estão em fase de brotação, ocorrendo de maneira uniforme e a geada fora de época prejudica o processo natural dessas culturas.

Todeschini destacou ainda o impacto nas culturas protegidas que também sofreram com a geada nesta fase de floração. Conforme o agrônomo, ainda não há registros de perdas, mas haverá prejuízos em algumas culturas.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!