O deputado Federal Mauro Pereira está em Brasília desde domingo para cobrar que o governo cumpra com sua obrigação e libere os recursos do seguro agrícola. Os boletos que cobram os 60% que seriam pagos pela União vencem nesta quarta-feira e o agricultor que não pagar do próprio bolso irá ficar descoberto do seguro e irá perder os 40% já pagos. Segundo o deputado as seguradoras irão ressarcir os agricultores quando o dinheiro for liberado pelo governo. 

O novo presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, Marcio Ferrari, avalia que o governo nunca tinha feito esta falta de pagamento às seguradoras. Neste ano, o Ministério da Agricultura se viu sem dinheiro, pois teve de pagar uma dívida de 2014, o que afetou duas mil famílias só na região.  Em reunião com deputados em Brasília em dezembro, os membros do sindicato ouviram da ministra Katia Abreu que não tinham dinheiro disponível, mas encontraria uma forma de angariar os R$ 35 milhões, valor que seria o suficiente. Márcio garantiu que o sindicato está observando o caso e orienta para os produtores que acionaram o sinistro em setembro, por causa da geada, pagarem o boleto para receber o valor.

Áudios

Deixe o seu comentário!