Cerca de 11 apiários foram envenenados em Linha Alencastro, no interior de Farroupilha. Conforme o registro da Polícia Civil, o fato aconteceu no dia 21 de novembro, na propriedade de Davi Audibert, de 57 anos, que é morador de Carlos Barbosa.

A engenheira agrônoma, Inês Natalina Canal afirmou para a Rádio Spaço FM que os apiários foram envenenados direto nas colmeias. Ela também contou que próximo a esta propriedade outro apiário foi atacado e quase destruído. Inês confirmou o fato e explicou que um dos motivos deste envenenamento seria que as abelhas estariam prejudicando os parreirais de uva. Ela ressaltou que estes animais não tem a capacidade de furar os grãos ao contrário de vespas que conseguem estragar a fruta.

Conforme Inês, esta seria a justificativa para o crime. Isso acaba afetando a renda e compromete a produção agrícola principalmente dos hortifrutigranjeiros. A engenheira ressaltou a importância das abelhas na produção agrícola e lembrou que elas estão em extinção.

Confira a entrevista no áudio abaixo

 

Áudios

Deixe o seu comentário!