O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Farroupilha (Sintrafar), Marcio Ferrari, em entrevista para a Rádio Spaço, explicou os principais motivos da crise do leite no Rio Grande do Sul. O preço baixo do produto preocupa produtores do estado. Ferrari também comentou que há uma importação desenfreada do produto no estado. A consequência disto é a queda do valor da mercadoria.

Conforme Ferrari, o leite em pó é um dos principais fatores para a situação do segmento. “O leite em pó é importado, depois é reconstituído aqui no Brasil. Nós achamos que estamos tomando leite, mas não é, estamos tomando água com um pouco de cálcio”, explicou. Ainda segundo ele, o preço está cotado a R$ 1,08 o litro para agosto, ou seja, 40 centavos abaixo do custo de produção de um litro de leite.

A granja Tang conta com 40 vacas leiteiras que produzem mais de 500 mil litros por ano. O empresário Itamar Tang comentou sua dificuldade de produzir leite atualmente. “Estamos praticamente empatando no valor. Está bastante complicado. Não sei qual é o milagre que o mercado faz para vender o leite a um preço semelhante ao do produtor”, dasabafou. Hoje ele vende seu produto a R$ 1,30 o litro.

Ouça os áudios abaixo 

 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!