A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e o Sindicato dos Trabalhadores Agricultores Familiares de Farroupilha (Sintrafar) realizarão um mapeamento no interior do município para contabilizar quantas famílias estão sofrendo com falta de água por conta da seca que assola o Rio Grande do Sul.

De acordo com o vereador e integrante da comissão de agricultura da Câmara de Vereradores, Kiko Paese (PP), após o mapeamento, a prefeitura fará um processo licitatório para comprar caixas de água e distribuir nos locais.

A estimativa do Sintrafar é que o número de famílias sem água para consumo próprio pode chegar a 400 no município. Alguns negócios ligados a agricultura como aviários, por exemplo, já estão sendo afetados pelo problema.

Farroupilha está prestes a decretar situação de emergência, mas antes precisa recolher os laudos técnicos indicando como está o cenário atual. Depois a cidade poderá receber recursos para combater a falta de água.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!