O chocolate é o preferido das pessoas quando se trata de uma iguaria para comer naquele lanchinho rápido, acompanhar um café ou até na pizza. Mas essa preferência tem um preço.

Além dos quilos a mais na balança, o consumo exagerado pode fazer mal à saúde. Isso porque a quantidade de gordura e açúcar que tem no chocolate pode trazer malefícios para pessoa que o ingere em excesso. As calorias, o açúcar e o consumo em excesso acumula problemas no organismo. Desde sobrecarregar o fígado, provocar náuseas, enjoos, refluxo gastroesofágico e gastrite e até causar intoxicação alimentar. A indisposição gástrica costuma castigar mais as crianças e também é maior nos dias quentes.

Mas, não significa que o chocolate seja um total vilão. O problema é comer uma barra ou ovo de páscoa inteiro de uma vez. Já uma porção pequena (25g ao dia) faz bem para a saúde, por causa das propriedades do cacau. Portanto, quanto maior o percentual de cacau, melhor. Sim, o cacau tem que ser o ingrediente principal do produto. E, com isso, o chocolate fica mais amargo.

O chocolate amargo contém compostos bioativos que apresentam ação antioxidante. O cacau também contém catequinas, que têm efeito cardioprotetor (como redução da pressão arterial) e anti-inflamatório. Os polifenóis do cacau também têm ação estimulante e cognitiva pela liberação de neurotransmissores.

Esses benefícios são uma exclusividade dos chocolates que têm pelo menos 60% de cacau, ou seja, os amargos, e a maioria dos chocolates ao leite que encontramos no supermercado tem mais gordura do que cacau.

Veja as diferenças entre os chocolates

Branco
Feito com manteiga de cacau, leite, açúcar e outros ingredientes, é considerado popularmente um tipo de chocolate, mesmo sem ter a massa de cacau. Não apresenta as propriedades nutricionais e é o mais nocivo à saúde porque tem mais gordura do que os outros tipos de chocolate.

Ao leite
Fabricado com cacau, leite, açúcar e outros ingredientes. Segundo a resolução da Anvisa, o chocolate ao leite precisa ter, no mínimo, 25% de sólidos totais do cacau.

Amargo
Ele é produzido com pelo menos 50% de massa de cacau, geralmente é feito com pouco ou nenhum leite. É o único considerado saudável. Quanto maior o teor de cacau, mais benéfico ele será à saúde.

Diet ou zero açúcar
Ele é preparado sem açúcar, mas com uma quantidade de gordura equivalente aos demais.

Light
Tem 25% de redução de algum ingrediente, que reduz a carga calórica.

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!