A cantora Rita Lee é conhecida como a "Rainha do Rock Brasileiro". Ela alcançou a marca de 55 milhões de discos vendidos com músicas que misturavam o rock com diversos gêneros como a psicodelia durante a era do tropicalismo, o pop rock, disco, new wave, a MPB, bossa nova e eletrônica.

História

Rita Lee nasceu no último dia do ano de 1947 e viveu a maior parte de sua vida na Vila Mariana em São Paulo. Ainda na infância, Rita Lee começou a fazer aulas com a famosa pianista Magdalena Tagliaferro mas, o que queria tocar mesmo era uma bateria.

Já na adolescência, Rita participou de algumas bandas, formadas principalmente por colegas do colégio. Entre idas e vindas, ela se viu com Arnaldo Baptista e Sérgio Dias, formando o grupo Os Bruxos. Por sugestão de Ronnie Von, o grupo passou a se chamar Os Mutantes. A banda é, até hoje, considerada uma das mais importantes da música brasileira, uma vez que inseria elementos tecnológicos e eletrônicos nas músicas.

Com “Os Mutantes”, Rita fez parte do movimento tropicalista, pós-Bossa Nova, que sacudiu o cenário musical brasileiro entre 1967 e 1968. Rita Lee acabou sendo expulsa da banda por Arnaldo Baptista, com quem chegou a ter um relacionamento.

Depois, Rita Lee formou a banda Tutti Frutti com uma amiga, que a alavancou para a carreira solo posteriormente lançando sucessos como "Agora Só Falta Você", "Esse Tal de Roque Enrow" e "Ovelha Negra". Foi com a banda que Rita lançou o disco "Fruto Proibido", em 1975, que se tornou um clássico do rock brasileiro. Em plena ditadura militar e inserida em um estilo musical e em um país machista, Rita produziu um LP cor de rosa, com citações a mulheres como Luz del Fuego e Isadora Duncan.

Em 1976, Rita Lee começou um relacionamento amoroso com o guitarrista Roberto de Carvalho e desde então ele tem sido o parceiro da maioria de suas canções e a acompanhou em todas suas apresentações ao vivo. Ambos tiveram três filhos, Beto, João e Antônio

Após o término da banda, em 1978, Rita passou a trabalhar em sua carreira solo com Roberto tocando. O primeiro trabalho em disco da dupla Lee/Carvalho foi o álbum Rita Lee, mais conhecido por Mania de Você, de 1979, álbum que obteve enorme sucesso com canções, incluindo o hit que deu nome ao álbum, como "Doce Vampiro", "Chega Mais", "Papai Me Empresta o Carro" e "Corre-Corre" entre outras tantas. Rita se transforma na cantora de maior sucesso do Brasil.

A partir de 1979, os discos de Rita passaram a vender muito e muitas mulheres passaram a se identificar com suas canções que tratavam sobre o amor e o sexo a partir da percepção feminina. Rita Lee foi a mulher que mais vendeu discos no Brasil.

Em 1980 veio o disco seguinte, o histórico "Rita Lee", mais conhecido pelo seu hit Lança Perfume. Do repertório fazem parte canções como "Baila Comigo" e "Nem Luxo Nem Lixo". Nesta época ela ficou por dois meses em 1º lugar nas paradas de sucesso da França, chega em sétimo lugar da parada da Billboard e é lançado com grande êxito em vários países da Europa e América Latina. Até o Príncipe Charles da Inglaterra disse que sua cantora favorita seria Rita Lee.

Durante os anos 80, Rita Lee teve várias participações em programas de TV e tinha suas canções em novelas e séries especiais como "Mulher 80", da Rede Globo. Além de ser uma das juradas do Festival de MPB, participou em 1985 da 1ª Edição do Rock in Rio.

Em 1990, Rita Lee lança o álbum Rita Lee e Roberto de Carvalho, que teve entre suas faixas a música "Perto do Fogo", uma composição de Rita Lee e Cazuza e também os hits 'La Miranda' uma Ode à Carmem Miranda, que foi tema de abertura da Novela 'Lua Cheia de Amor' e Esfinge. Após o lançamento do álbum, Rita Lee e Roberto de Carvalho se separam e ambos seguem em carreira solo.

O casal só viria a dividir o palco novamente em 1995, durante a turnê do álbum A Marca da Zorra, foi com essa turnê que Rita Lee abriu o primeiro show dos Rolling Stones no Brasil.

Os anos 90 foram seguindo com problemas entre álcool e drogas, onde ela chegou a ser medicada para recuperação e só em 2006 depois de procurar ajuda em uma clínica de reabilitação é que ela largou tudo. Também, entre a década de 90 e início dos anos 2000, outros discos de estúdio e acústicos foram lançados, em cadência com shows pelo Brasil todo. Em 2000 Rita lança o álbum 3001, que teve grandes sucessos como Erva Venenosa. Considerado uma máquina do tempo músical, 3001, é nomeado como o Melhor Disco de Rock no Grammy Latino de 2001. Esse disco foi um dos mais importantes do Rock sendo reconhecido no mundo.

A parada

No dia 22 de janeiro de 2012, Rita anuncia sua aposentadoria dos palcos em seu show de estreia no Circo Voador no Rio de Janeiro devido à sua fragilidade física. Sua última apresentação que foi no dia 28 de Janeiro de 2012 no Festival de Verão de Sergipe, terminou em polêmica, quando a cantora se revoltou com uma ação policial supostamente agressiva com seu público. Acusada de desacato à autoridade, Rita Lee foi encaminhada a delegacia após o show para prestar depoimento, e liberada em seguida.

No dia 19 de fevereiro de 2012, Rita Lee desfilou no Carnaval 2012 pela escola de samba paulista Águia de Ouro a qual o tema foi a Tropicália, junto com cantores do movimento tropicalista como Caetano Veloso, Gilberto Gil além de cantores como Wanderléia, Cauby Peixoto e Angela Maria.

A volta

No dia dois de fevereiro de 2012, Rita Lee lança Reza, o primeiro single promocional de seu novo álbum de mesmo nome.

Em quatro de novembro de 2012 Rita Lee fez o show que marcou sua volta aos palcos com a apresentação no Green Move Festival, no qual também se apresentaram as bandas Titãs e Jota Quest. Na apresentação a cantora surpreendeu o público ao abaixar a calça e virar para o público.

Em 2014, Rita Lee foi homenageada com um musical de teatro "Rita Lee Mora ao Lado", baseado no livro homônimo de Henrique Bartsch e estrelando Mel Lisboa como Rita.

Em fevereiro de 2016, chegou as lojas, o tão aguardado Box com 20 cds da carreira de Rita Lee e um CD com “raridades”. Mesmo aposentada Rita Lee ainda e seguida por multidões de fãs. Rita esta ativa na rede social Instagram com o nome de “litaree_real”. Seus discos ainda são muito vendidos e procurados. Suas músicas continuam fazendo parte de trilhas sonoras de novelas e programas de televisão. Rita Lee sempre será referência em qualidade e revolução na música brasileira e mundial.

Oficialmente, hoje ela está aposentada e com os cabelos grisalhos à mostra, abandonando seu visual de cabelos avermelhados. Mas Rita Lee segue com projetos paralelos e pequenas reuniões de famosos para músicas em conjunto.

Discografia

Álbuns de estúdio
1970 Build Up
1972 Hoje é o Primeiro Dia do Resto da Sua Vida
1979 Rita Lee
1980 Rita Lee
1981 Saúde
1982 Rita Lee e Roberto de Carvalho
1983 Baila Conmigo em Espanhol
1983 Bombom
1985 Rita e Roberto
1987 Flerte Fatal
1988 Zona Zen
1990 Rita Lee e Roberto de Carvalho
1993 Rita Lee
1997 Santa Rita de Sampa
2000 3001
2001 Aqui, Ali, em Qualquer Lugar
2003 Balacobaco
2012 Reza

Ao Vivo
1977 Refestança (com Gilberto Gil e Tutti Frutti)
1991 Rita Lee em Bossa 'n' Roll
1995 A Marca da Zorra
1998 Acústico MTV Rita Lee
2004 Rita Lee MTV Ao Vivo
2009 Rita Lee Multishow Ao Vivo

Com Os Mutantes
1968 Os Mutantes
1968 Tropicália ou Panis et Circenses
1969 Mutantes
1970 A Divina Comédia ou Ando Meio Desligado
1971 Jardim Elétrico
1972 Mutantes e Seus Cometas no País dos Baurets
2000 Tecnicolor (Gravado em 1970)

Com o Tutti Frutti
1974 Atrás do Porto Tem uma Cidade
1975 Fruto Proibido
1976 Entradas e Bandeiras
1978 Babilônia

DVD
1998 Acústico MTV Rita Lee
2004 Rita Lee MTV Ao Vivo
2006 Rita Lee Jones (Série Grandes Nomes 1980
2007 Biograffiti
2009 Rita Lee Multishow Ao Vivo

Vídeos

Leia Também

Deixe o seu comentário!