O presidente do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria da Região Uva e Vinho (Segh), Vicente Perini, em entrevista para a Rádio Spaço FM, comentou sobre a atual situação do setor em meio a pandemia do coronavírus.

Perini salientou que o ano já está perdido e que as empresas que sobreviverem passarão cerca de cinco anos pagando suas dívidas ou refinanciando os prejuízos. Para o presidente, nas 19 cidades onde o Segh atua são cerca de três mil empresas cadastradas e até o final da pandemia 10% irão à falência.

Perini contou que 20% dos postos de emprego no setor poderão acabar, sem contar os que já foram perdidos desde o início da pandemia na região. Ao todo são 12 mil empregos gerados pelo setor na região.

OUÇA A ENTREVISTA NO ÁUDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!