O Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul) anunciou na segunda-feira, 23, o fechamento da agência localizada no bairro Forqueta, em Caxias do Sul. A alegação é de que o banco está otimizando o serviço em outros pontos de atendimento presenciais com reorganização e redução de custos. O encerramento das atividades em Forqueta está previsto para o dia 30 de novembro.

O ex-presidente da Associação dos Moradores de Forqueta, Dagoberto Júnior, que também é uma das lideranças do bairro, está na luta para que a agência permaneça naquela localidade.

Júnior, em entrevista à Spaço FM, comentou nesta terça-feira, 24, que os moradores foram pegos de surpresa com um anúncio colado na parede do banco de que a agência encerra suas atividades em 30 de novembro. Ele destacou que a comunidade está mobilizada para que isso não ocorra.

Conforme Júnior, Forqueta possui cerca de sete mil habitantes e a maior parte do público que utiliza os serviços do banco são pessoas idosas que têm dificuldades de mobilidade e que necessitam de um banco na comunidade. A população estará encaminhando um abaixo-assinado à direção do Banrisul para que revejam essa decisão e para que a agência permaneça em Forqueta.

Os moradores e empresários também se manifestaram contrários ao fechamento da agência, destacando que todas as transações bancárias de suas empresas e os pagamentos de contas são realizadas junto ao Banrisul.

O Banrisul informa que as atividades serão transferidas para a agência Villagio Iguatemi, localizada na Rua Therezinha Pauletti Sanvitto, 418, bairro Sanvitto.

Confira abaixo na galeria de áudios as manifestações dos moradores

Áudios

Deixe o seu comentário!