O pagamento do abono salarial do PIS-Pasep, iniciou nesta quinta-feira, 13, para os nascidos em março e abril. As pessoas que nasceram  nos meses de julho a dezembro ou tem número final de inscrição entre 0 e 4 recebeu o benefício ainda no ano de 2019.

Já os nascidos entre janeiro e junho e com número de inscrição entre 5 e 9 receberão no primeiro trimestre de 2020. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2020, prazo final para o recebimento. O valor do abono varia de R$ 45 a R$ 88, conforme o período trabalhado formalmente em 2018.

Segundo a Caixa Econômica Federal, o PIS engloba mais de  3,6 milhões de trabalhadores nascidos em março e abril, resultando R$ 2,7 bilhões. A Caixa disponibilizará cerca de R$ 16,5 bilhões para mais de 21,6 milhões de beneficiários até o final do calendário.

O valor do abono é ligado ao número de meses trabalhados no trabalho anterior. Assim, quem trabalhou um mês no ano-base 2018 receberá 1/12 do salário mínimo. Apenas receberá o valor total quem trabalhou o ano-base 2018 completo.

1 mês: R$ 88

2 meses: R$ 175

3 meses: R$ 262

4 meses: R$ 349

5 meses: R$ 436

6 meses: R$ 523

7 meses: R$ 610

8 meses: R$ 697

9 meses: R$ 784

10 meses: R$ 871

11 meses: R$ 958

12 meses: R$ 1.045

O trabalhador que possuir Cartão do Cidadão e senha cadastrada, para sacar o abono do PIS, pode se dirigir aos terminais de autoatendimento da Caixa ou a uma casa lotérica. Se não tiver o Cartão do Cidadão, pode receber o valor em qualquer agência do banco, mediante apresentação de documento de identificação.

Informações sobre o PIS também podem ser obtidas pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. O trabalhador pode fazer uma consulta ainda no site www.caixa.gov.br/PIS, em consultar pagamento.

Os servidores públicos que têm direito ao Pasep precisam verificar se houve depósito em conta. Caso isso não tenha ocorrido, precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar um documento de identificação. Mais informações sobre o Pasep podem ser adquiridas pelo telefone 0800-729 00 01, do Banco do Brasil.

Leia Também

Deixe o seu comentário!