O representante do Sindicato Empresarial de Restaurantes, Hotéis, Bares e Similares, Rudinei Galafassi, afirmou que é preciso achar formas para diminuir o risco de contaminação do coronavírus na abertura do comércio e indústrias de Farroupilha, marcada para 8 de abril.

Segundo Galafassi, há impactos diferentes nos setores de restaurantes e hotéis. “O impacto na rede hoteleira é muito maior. Ele se propaga para os próximos cinco anos, porque como diminuiu o poder e renda das pessoas, elas vão diminuir a assiduidade, vão ter menos condições”, esclareceu.

O representante destacou que foram cancelados vários eventos por causa da pandemia de coronavírus e isso piorou ainda mais a situação do setor.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!