O vice-presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Calçado e Vestuário das Indústrias de Farroupilha, Juvelino Ângelo de Bortolli, em entrevista para Rádio Spaço FM, comentou sobre o pagamento de parte dos direitos dos funcionários da massa falida da antiga empresa Torre.

Conforme Juvelino, esses recursos foram adquiridos através da devolução de impostos da Eletrobrás, que somados chegaram a R$ 28,7 mil e foram divididos entre os trabalhadores. "Foi alcançado esse dinheiro a esses trabalhadores que na época entraram através do sindicato com o processo judicial e pelo menos mais uma parte foi recuperada. Falta muito ainda para ser pago", explicou.

Juvelino ressalta que outras empresas falidas também estão passando pela mesma situação e, assim que houver a possibilidade de resgate de recursos, os funcionários serão os primeiros beneficiados.

Além disso, outro assunto que ele abordou foi o fim do imposto sindical obrigatório. "Com o tempo provalvemente os sindicatos vão sucumbir. Outros vão tentar sobreviver com as contribuições dos trabalhadores", pontuou.

Áudios

Deixe o seu comentário!