O Fundo de Aposentadoria Municipal apresentou um déficit de R$ 400 milhões, segundo estudo da atual administração de Farroupilha. O trabalho foi realizado pela Secretaria de Finança e o Executivo apresentou para o presidente da Câmara de Vereadores, Tadeu Salib dos Santos, dois projetos para uma nova previdência do município.

O gestor da pasta de Finanças, Plínio Balbinot e o vice-prefeito, Jonas Tomazini participaram do Fim de Expediente desta quinta-feira, 15, e explicaram que o projeto não irá prejudicar os atuais servidores. Eles destacaram que os próximos 35 anos serão de dificuldade econômica para o município, mas a boa notícia é que estamos sendo um dos pioneiros nesta atitude que o prefeito está tomando como prioridade.

OUÇA A ENTREVISTA NO AÚDIO ABAIXO

Áudios

Deixe o seu comentário!