Desde a metade de dezembro Farroupilha e diversas cidades da Serra estão impossibilitadas de confeccionar carteiras de trabalho. A orientação do secretário da Assistência Social, Miguel Ângelo de Souza é para que os interessados aguardem até o momento em que o município seja devidamente cadastrado no sistema nacional. A indisponibilidade se dá pelo fato do Ministério do Trabalho estar cadastrando de pouco em pouco todos os municípios brasileiro em um sistema padrão. 

Acompanhe abaixo a entrevista reproduzida no Panorama desta terça-feira. 

Áudios

Deixe o seu comentário!