O economista e diretor de agronégocios da Câmara de Indústria, Comércio e Serviços (CIC) de Caxias do Sul, José Paulo Soares afirmou em entrevista à Spaço FM, que a pandemia de covid-19 tem evidenciado a inversão de papéis de empresas e estado.

Em sua visão, a empresa está exercendo o papel de poder público e isso cria dificuldades dos negócios se manterem, ocasionando um número cada vez maior de desempregos. “O governo está mandando o empresário se endividar para cumprir sua função social que é a função do emprego. O governo teria que dar para as empresas algo mais, além de empréstimos, que aliás não chegaram”, analisou.

Soares foi professor de Finanças na Universidade de Caxias do Sul (UCS) por 18 anos e orientou que os empresários precisam ter foco no caixa, restrição nos estoques, fixando apenas naquilo que vende, comercializando ativos que não estão sendo utilizados. “Esqueça tudo o que você aprendeu na universidade. Concentre naquilo que o mercado está demandando neste momento”, orientou.

Segundo o economista, o momento exige que o planejamento necessita ser esquecido e as empresas devem seguir as suas intuições por conta da instabilidade financeira.

O especialista mediará um encontro on-line, às 19h desta terça-feira, 30, com o tema 'A mão visível da nova economia'. O objetivo é trazer reflexões de como as pessoas e a classe empresarial poderão se orientar dentro da crise provocada pela covid-19. 

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!