A baixa do petróleo a nível mundial poderá chegar nas bombas dos postos de combustíveis do Brasil e, consequentemente, de Farroupilha. O coordenador do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Farroupilha, Ademir Vanni, garantiu que o consumidor final sentirá o reflexo no bolso, entretanto, somente o mercado poderá dizer quando isso acontecerá. “Daqui uma semana, duas, é para começar já a refletir esse preço junto à bomba. Isso o mercado está regulando. Não sei precisar o dia que vai acontecer”, destacou.

As fiscalizações do Procon nos postos continuam em março. Os quesitos avaliados são a quantidade e qualidade dos combustíveis nos estabelecimentos. 

As últimas verificações apontaram que os postos estão dentro do padrão de qualidade exigido pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Apesar disso, houve uma denúncia da baixa qualidade de um posto. O nome do estabelecimento não foi informado.

O Procon também estará promovendo em abril, uma renegociação de dívidas bancárias. O órgão firma parceria com todos os bancos da cidade, afim de auxiliar a população a saldar seus débitos. “Sempre no mês de abril, não sabemos data ainda”, afirmou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!