O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli suspendeu os descontos do seguro obrigatório de Danos Pessoais por Veículos Automotores Terrestres (Dpvat) para 2020.

Para o presidente as reduções dos valores seriam uma resposta a decisão do Supremo que havia impedido o fim da cobrança.

O Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP) tinha anunciado descontos que chegavam a 86% para motos e 68% para carros.

Leia Também

Deixe o seu comentário!