A diretora executiva do Sindicato Empresarial de Gastronomia e Hotelaria da Região da Uva e do Vinho (Segh), Márcia Ferronato, afirmou que restaurantes de Farroupilha e região tiveram uma queda de 85% no faturamento. A estimativa é que 30% das pessoas ficarão desempregadas e 20% dos empreendimentos poderão fechar.  

Segundo a representante do sindicato, o setor de bares e casas noturnas teve uma perda de 100%, até mesmo porque estão com suas atividades totalmente paralisadas. “Como é que se vive? Porque a conta da luz vem, o aluguel”, lamentou.  Ela ressaltou a necesssidade de encontrar alternativas para que os bares e casas notunas abram com segurança para conseguirem pagar suas contas. 

A diretora executiva da Segh destacou que a pandemia de coronavírus não deixa espaço para uma luz no fim do túnel, mas sim suposições. 

Conforme Márcia, todos os setores têm sofrido com os efeitos da covid-19. “O que a gente pediu é que nos atenda, nos ouça e dentro do possível ir ajustando a situação”, contou sobre a relação com o Comite de Atenção ao Coronavírus do município.

CONFIRA A ENTREVISTA NA ÍNTEGRA   

 

 

Leia Também

Deixe o seu comentário!