O movimento dos shoppings de pronta-entrega caiu 50% na Serra Gaúcha por conta da crise causada pelo coronavírus. No entanto, de acordo com o presidente da Associação dos Centros de Compras da Serra Gaúcha (Acecors), Paulo Dalsóchio, ainda é possível recuperar economicamente o ano se o frio prevalecer na região.

Dalsóchio destacou que os postos de trabalho no setor estão sendo mantidos, mas as contratações temporárias foram estagnadas. “O nosso cliente final não tem estoque e, fazendo frio, a pronta-entrega é o caminho e vamos conseguir vender bastante”, comentou.

O presidente da associação também destacou que o número de lojas nos shoppings que fecharam não é significativo. "Hoje tem ônibus chegando com metade da lotação e os guias vêm com pedidos que são feitos pelas redes sociais", afirmou. 

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!