O reitor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Rui Vicente Oppermann, em entrevista à Spaço FM, comentou sobre a real situação da instituição com o contingenciamento de 30% dos recursos por parte do governo federal.

Conforme o reitor, a Ufrgs tem recursos para atender as necessidades somente até o mês de setembro. Ele salientou que já se reuniu com o presidente da Câmara, o deputado Rodrigo Maia e o presidente do Senado, Davi Alcolumbre, para que revertam a situação e convençam o presidente Jair Bolsonaro a liberar esses valores.

Opperman ressaltou que caso isto não ocorra, não haverá recursos para pagar a energia elétrica e cumprir compromissos com serviços terceirizados que são essenciais para o funcionamento da instituição. "Nós não teremos recursos além de setembro para manter os custos da universidade”, alertou.

Confira no áudio abaixo

Áudios

Deixe o seu comentário!