Os professores de Farroupilha realizaram uma manifestação na manhã desta sexta-feira, 22, na Praça da Matriz, no centro, contra o novo plano de carreira do governador Eduardo Leite. Algumas escolas do município estão em greve por conta da proposta. A diretora da Escola Estadual José Fanton, Marli Bortolini, e a vice-diretora Nádia Cristina Pissaia, e as professoras do São Pio X, Geniza Maciel, Eliana dos Santos e Tatiana Coelho, explicaram sobre os impactos do novo pacote do governo. 

As medidas estabelecidas pelo governador modificam carreiras, revogam benefícios e aumentam a contribuição previdenciária da parte do funcionalismo.

De acordo com o texto do governo, os aposentados que ganham até R$ 5,8 mil (teto do INSS) também deverão passar a contribuir. Se a proposta que prevê alterações no magistério for aprovada, um professor no topo da carreira com mestrado e doutorado não poderá ganhar mais de R$ 3.887,30 de salário básico, além de benefícios com valores nominais.

Conforme as professoras, a greve terminará apenas se o governo retirar o pacote. As propostas não afetam só a carreira dos professores, mas também toda a educação. As educadoras destacaram que o governador não está cumprindo suas promessas de campanha.

Ouça o áudio abaixo 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!