A diretora da Escola Estadual São Tiago, Eglai de Souza, explicou que o retorno presencial das aulas está indefinido, uma vez que a estrutura ainda não foi montada para atender os estudantes. Ela ainda esclareceu que todas as aulas programadas são contabilizadas no calendário escolar.

As escolas municipais deverão retornar com atividades internas a partir de 27 de maio. Conforme o secretário de Educação, Vinicius Grazziotin de Cezaro, alguns professores farão um revezamento para tirar as dúvidas dos estudantes que estão fazendo as atividades online.

Grazziotin explicou que a pasta organizará um calendário validando as atividades virtuais para ser aprovado pelo Conselho Municipal de Educação. “Nós vamos estar trabalhando, ainda não podendo receber os alunos, mas dinamizando todas as situações que uma escola precisa”, explicou.

Já a Escola Nossa Senhora de Lurdes está funcionando de forma virtual e, de acordo com a diretora Salete Finimundi, os pais estão aprovando as plataformas digitais de aprendizagem. “Nós vamos utilizar sim esse período, vamos contar como horas para compor o nosso ano letivo, porém o bom senso prevalece. Dentro de uma porcentagem desse período que eles ficaram com aulas online, pretendemos no retorno fazer uma avaliação diagnóstica de todos”, destacou.

OUÇA OS ÁUDIOS ABAIXO 

 

Áudios

Deixe o seu comentário!