O recesso de julho será antecipado na rede municipal em Farroupilha. As férias escolares ocorrerão na primeira quinzena de maio. O secretário da Educação, Vinicius Grazziotin de Cezaro, explicou que a decisão foi tomada por conta da paralisação das aulas em maio.

Segundo Grazziotin, foi aprovado um parecer pelo Conselho Nacional da Educação. Esse documento acabou encaminhado ao Ministério da Educação (MEC) para ser chancelado ou não em 10 dias para virar uma lei nacional.

O parecer regula a recuperação e calendário escolar e aulas à distância. “Com esse documento legal, nós podemos ver o que se encaixa na nossa especificidade, provocar o Conselho Municipal de Educação e a partir daí desenharmos alguma coisa efetiva e válida”, pontuou.

O secretário da Educação lembrou que as atividades online servem para amenizar o tempo perdido e o déficit de aprendizado que os alunos podem ter. “Depois, se a lei nos permitir, nós vamos utilizar essas atividades para recuperação”, destacou.

OUÇA O ÁUDIO ABAIXO 

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!