O curso de formação de instrutores do Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd) iniciou nesta segunda-feira, 25, e pretende formar 36 policiais militares de várias localidades do Rio Grande do Sul até 6 dezembro. A capacitação ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, no antigo seminário de Nossa Senhora de Caravaggio, em Farroupilha.

Depois da formatura, os instrutores retornarão aos seus municípios e deverão assumir turmas de alunos nas comunidades escolares em suas cidades de trabalho.

O coordenador do curso, major Juliano Amaral comentou a importância de capacitar esses soldados que futuramente estarão auxiliando muitas crianças no combate a drogadição.

O soldado Gilson Ferreira Moraes é pedagogo e instrutor do curso aos policiais. Ele explicou sobre a metodologia aplicada, a preparação dos instrutores e como se relacionar com as crianças. Também comentou sobre os alunos que após concluírem o Proerd acabam se envolvendo com as drogas e alguns até viram traficantes. "Infelizmente algumas crianças acabam entrando nesse mundo por falta de valorização e de reconhecimento por viverem no contexto da criminalidade", concluiu.

No último sábado, 23, o Proerd formou 326 alunos de 16 turmas e 14 escolas. O intuito do programa é capacitar jovens estudantes com informações e habilidades necessárias para viver de maneira saudável, sem drogas e violência. Em 17 anos de existência, o projeto já capacitou 28.604 alunos em Farroupilha.

Confira abaixo na galeria de áudios

Áudios

Leia Também

Deixe o seu comentário!